DADOS BIOGRÁFICOS DO AUTOR


Genealogia de Geraldo Ferraz

GERALDO FERRAZ DE SÁ TORRES FILHO

Nascido no Recife - PE, no dia 30 de dezembro de 1955, primogênito do casal Geraldo Ferraz de Sá Torres e Maria José de Holanda Torres, viveu em várias cidades pernambucanas, entre elas Triunfo, Taquaritinga e Gravatá.

Iniciou os estudos na escola Nossa Senhora das Vitórias (1961/1965), e Escolas Reunidas 7 de setembro (1966/1967), ambas localizadas em Gravatá - PE. Fez o curso ginasial e colegial no Colégio Estadual Doutor Devaldo Borges (1968/1971), também em Gravatá - PE, concluindo o último ano do colegial no Colégio e Curso RADIER (1974), em Recife - PE.

Formou-se em Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências Humanas Esuda, em 1978, no Recife - PE, e, em seguida, fez pós-graduação em Administração Pública pela Faculdade de Administração de Pernambuco - FESP, nos anos de 1979 e 1980, também no Recife - PE.

Servidor público municipal, desde 1975 (contratado pela extinta Fundação Guararapes, hoje incorporada a Secretaria de Educação do Recife), exerce o cargo de Administrador e faz parte da Comissão Central de Inquérito, na qualidade de membro permanente, da Secretaria de Assuntos Jurídicos da Prefeitura do Recife. Desde 1991 tem como "hobby" a pintura, tendo já participado de diversas exposições coletivas e individuais.

É casado com a Sra. Rosane de Oliveira Ferraz Torres e tem 2 filhas: Ana Paula de Oliveira Ferraz Torres e Monique de Oliveira Ferraz Torres.

Faz parte do Centro de Estudos de História Municipal - CEHM, desde 26 de abril de 1984, Órgão da extinta Fundação de Desenvolvimento Municipal do Interior de Pernambuco - FIAM, hoje CONDEPE/FIDEM. É sócio fundador das instituições "Amigos do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano", do Núcleo Pernambucano de História – UBE/PE, e da Sociedade dos amigos da Briosa – SABRI (2010), instituições localizadas no Recife. Membro das seguintes associações: Instituto Cultural Gravataense, Gravatá – PE (2006); Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço – SBEC, Mossoró – RN (2005); da União Brasileira de Escritores - UBE - Secção Pernambuco, Recife – PE (2001); União Nacional de Estudos Históricos e Sociais - UNEHS, São Paulo (2008); Academia Serra-Talhadense de Letras – Serra Talhada - PE, na qualidade de correspondente (2006); da Academia de Letras e Artes de Gravatá - ALAG, Cadeira nº 09, Gravatá – PE (2009); e Academia de Letras e Artes do Nordeste – ALANE, Cadeira nº 29, Recife – PE (2010).

Desde 1991 tem como "hobby" a pintura, tendo já participado das seguintes exposições:

a) Coletivas:
- Atelier Coletivo Forte do Brum - 1991;
- Cinqüentenário da Base Aérea do Recife - 1991;
- Semana do Exército no Shopping Center Recife - 1991;
- Clube Naval do Recife - "I Salão Marinhas" - 1992;
- C.Cultural Ítalo-Brasileiro Dante Alighieri - "EXPODANTE/93";
- 45º Congresso Brasileiro de Enfermagem - Centro de Convenções de Pernambuco - 1993;
- 1º Salão de Artes dos Novos - "II COMAR" - 1993;
- CAPIBA - 90 anos de arte - Museu Murillo La Greca - 1994;
- Instituto Cultural Gravataense – 2006.

b) Individuais:
- Centro Cultural Ítalo-Brasileiro Dante Alighieri - 1992;
- Caixa Econômica Federal - Agência Shopping Center - 1995.

Agraciado com a Medalha Pernambucana do Mérito Policial Militar (Decreto nº 3571, de 11 de junho de 1975) – durante as comemorações dos 178 anos da criação da Polícia Militar de Pernambuco, em 11 de junho de 2003.

Palestrante sobre o tema Pernambuco no Tempo do Cangaço, durante o Segundo Festival Recifense de Literatura – A letra e a voz -, promovido pela Prefeitura do Recife de 16 a 22 de agosto de 2004.

Palestrante sobre o tema Cangaço no Nordeste, durante a Primeira Festa Literária de Porto de Galinhas-PE, FLIPORTO 2005. Realizada de 04 a 06 de março de 2005.

Primeiro diretor do Núcleo de Pesquisa e História da União Brasileira de Escritores - Seccional Pernambuco (17 de agosto de 2005).

Palestrante sobre o tema A situação da pesquisa histórica em Pernambuco, durante a Quinta Bienal Internacional do Livro de Pernambuco (07 a 16 de outubro de 2005), realizada no Centro de Convenções do Estado.

Debatedor durante a Palestra "A história de Ipojuca", que teve como palestrante o escritor Josias Cavalcanti, por ocasião da segunda Festa Literária de Porto de Galinhas - PE, FLIPORTO 2006. Realizada de 23 a 26 de março de 2006.

Homenageado na Livraria Saraiva – Shooping Center Recife -, em 20 de junho de 2006, através do Programa A FICÇÃO EM PERNAMBUCO, da União Brasileira de Escritores de Pernambuco – UBE-PE e em parceria com a Saraiva. A vida e a obra do escritor foram apreciadas pelo presidente da UBE-PE, Vital Corrêa de Araújo.

Palestrante no Primeiro Festival Literário de Garanhuns-PE (14 a 16 de julho de 2006), realizado no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante. Tema: A valorização do estudo e da pesquisa da história regional.

Sócio Correspondente da Academia Serra-Talhadense de Letras, “pelos meritórios serviços prestados à cultura brasileira”, a partir de 10 de novembro de 2006.

Sócio fundador do Instituto Cultural Gravataense e participante do movimento que instituiu a REPÚBLICA DA ARTE (através de arte plástica e literatura), no dia 15 de novembro de 2006. A República da Arte, uma poderosa mostra do talento dos artistas locais, representa trabalhos e apresentações das mais variadas atrações artísticas de Gravatá.

Homenageado pela coordenação do Programa Quartas às Quatro, encontro de nº 200, na sede da Academia Pernambucana de Letras, em sessão especial, no dia 18 de abril de 2007.

Participante do II Festival de Literatura de Garanhuns (05 a 08 de julho de 2007, no dia 06, presidindo mesa dos seguintes escritores: Vital Corrêa de Araújo – “Poesia: Inútil e necessária”; Lourdes Sarmento – “A força das águas na poesia nordestina”; Milton Lins – “O trabalho do tradutor no Brasil”; e Humberto França – “A poesia de Mauro Mota”, realizado no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante.

Coordenador do Recital da UBE-PE, dia 25 de agosto de 2007, na Livraria Cultura, durante a realização do 5º Festival Recifense de Literatura – A letra e a voz – nas múltiplas faces da literatura contemporânea. Expositor durante a Festa do Livro, no dia 26 de agosto, na Praça do Arsenal, Bairro do Recife, na mesma programação do mencionado Festival.

Palestrante sobre o tema O Programa Quartas às Quatro e coordenador do recital literário, nos dias 27 e 29 de setembro, respectivamente, durante a Festa Literária Internacional de Porto de Galinhas, realizada de 27 a 30 de setembro de 2007.

Coordenador do Recital da UBE-PE, durante a Sexta Bienal Internacional do Livro de Pernambuco (05 a 14 de outubro de 2007), realizada no Centro de Convenções do Estado.

Palestrante sobre o tema O Combate ao Cangaço. Memória e Cultura, durante o Primeiro Congresso Nacional do Cangaço: realizado em Brasília-DF, de 28 a 30 de novembro de 2007, no Conjunto Cultural da República – Esplanada dos Ministérios.

Agraciado com a comenda comemorativa da 100ª edição do Jornal Viva Gravatá (medalha em bronze, em alto relevo), pelo destaque como escritor, em 16 de dezembro de 2007.

Palestrante sobre o tema Cangaceiros e Volantes, durante o Segundo Encontro Regional da Academia de Letras e Artes do Nordeste - ALANE, durante as comemorações de 30 anos de fundação desta entidade. Realizado na sede da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco, Rua Santanna, 202, Casa Forte, Recife, de 25 a 27 de janeiro de 2008.

Homenageado na Biblioteca Popular de Afogados, Recife, em 24 de abril de 2008, através do Programa AFOGADOS EM POESIA e VITRINE DO MÊS, que tem a curadoria de Silvio Hansen e coordenação do poeta Rogério Generoso. A vida e a obra do escritor foram apreciadas pelo presidente da UBE-PE, Vital Corrêa de Araújo e debatida pelos presentes.

Participante da solenidade de homenagem aos 50 anos da União Brasileira de Escritores, na qualidade de representante desta, no Colégio Americano Batista do Recife, em 15 de maio de 2008.

Participante da solenidade de homenagem aos 50 anos da União Brasileira de Escritores, na qualidade de diretor, na Câmara Municipal do Recife, em sessão solene no dia 27 de maio de 2008.

Palestrante sobre o tema O combate ao Cangaceirismo, no XI Fórum do Cangaço, em Mossoró - RN, de 13 a 14 de junho de 2008, durante as comemorações dos 15 anos da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço – SBEC e dos 81 anos da heróica e vitoriosa resistência da cidade de Mossoró, contra a investida do cangaceiro Lampião. Palestra realizada na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte.

Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro, intitulado “Volante Cultural”, dia 27 de agosto de 2008, no Sítio da Trindade, durante a realização do 6º Festival Recifense de Literatura – A letra e a voz – 24 a 31 de agosto de 2008.

Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro, intitulado “Volante Cultural”, dia 05 de setembro de 2008, na cidade de João Alfredo – PE, durante a realização do 1º Festival Lítero-Cultural daquela cidade.

Participante do III Festival de Literatura de Garanhuns (16 a 19 de outubro de 2008, presidindo mesa, no dia 18, dos seguintes escritores: João Marques – “Garanhuns e a figura de Simôa Gomes”; e Marieta Borges – “A ilha do futuro redescoberta”.

Participante da Festa Literária Internacional de Porto de Galinhas - PE, 4ª FLIPORTO. Realizada de 06 a 09 de novembro de 2008.

Colaborador na Revista Letras e Artes nº 17, Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro – ALANE, dezembro de 2008. Com o ensaio Cangaço Moderno.

Participação na Antologia O fim da velhice: a superação bem-humorada de um conceito, 2ª edição, com o depoimento: Quartas às Quatro, o segredo para uma vida mais longa. Organizadores Jacques Ribemboim e Dulce Albert, em 2008.

Conselheiro Consultivo da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço - SBEC, para o biênio dez/2008 a dez/2010.

Colaborador na Revista de Historia Municipal nº 08, Centro de Estudos de História Municipal - CEHM, CONDEPE/FIDEM. Ano 2008. Com o artigo Cangaceirismo moderno versus Ordem e Progresso.

Vice-Presidente, eleito, da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco - UBE/PE, para o biênio 2009/2010.

Membro permanente da União Nacional de Estudos Históricos e Sociais - UNEHS, São Paulo.

Organizador e articulista da Antologia Programa Quartas às Quatro, escrita pelos freqüentadores do Sarau Literário Quartas às Quatro, da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco. Editado pela Novoestilo, edições do autor, lançada durante as comemorações da reunião do programa de número 300, no Gabinete Português de Leitura, em 01 de julho de 2009.

Homenageado na sede da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco, em 06 de julho de 2009, através do Programa JARDIM DAS LETRAS. A vida e a obra do escritor foram apreciadas pelo presidente da UBE-PE, Alexandre Santos, pelos que freqüentam o movimento Quartas às Quatro e pelos familiares do autor.

Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro, dia 23 de agosto de 2009, na Praça do Arsenal, durante a realização do 7º Festival Recifense de Literatura – A letra e a voz – 16 a 23 de agosto de 2009.

Participante do Encontro da Poesia Pernambucana, na Secretaria da Fazenda de Pernambuco, dia 26 de agosto de 2009, coordenando a 308ª sessão do programa Quartas às Quatro.

Participante do 1º Encontro Literário do Pajeú, dias 30 e 31 de agosto de 2009, na cidade de Afogados da Ingazeira - PE, representando a União Brasileira de Escritores de Pernambuco e a Academia de Letras e Artes de Gravatá.

Com a obra Pernambuco no tempo do Cangaço, Theophanes Ferraz Torres, um bravo militar, foi vencedor do importante Prêmio Literário Amaro Quintas, que versa sobre a História de Pernambuco, patrocinada pela Acadêmica Fátima Quintas, no Concurso Literário de 2008, da Academia Pernambucana de Letras. Durante a belíssima solenidade de entrega dos prêmios literários, no dia 17 de setembro de 2008, Geraldo Ferraz foi escolhido para agradecer aos presentes em nome dos premiados.

Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro, dia 07 de outubro de 2009, no Pavilhão de eventos do Centro de Convenções, durante a realização da VII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco – 02 a 12 de outubro de 2009.

Participante do 1º Encontro Pernambucano de Escritores, organizado pela União Brasileira de Escritores, de 15/17 de janeiro de 2010, realizado no Colégio Americano Batista. Coordenador do seminário de História – Meio Século de Revolução em Pernambuco, que teve como conferencista o historiador Carlos Bezerra Cavalcanti.

Palestrante sobre o tema: Metodologia da criação literária do escritor Geraldo Ferraz de Sá Torres Filho, durante o I Encontro de crônicas e poesias – café com prosa, organizado pelo Colégio Cognitivo e com apoio cultural da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco, no dia 13 de março de 2010, na sede da UBE-PE.

Membro fundador da confraria Sociedade dos amigos da Briosa – SABRI, em 26 de março de 2010. A SABRI é uma entidade de cunho cívico-social, sem interesse político partidário, religioso, militar ou classista, cujo único objetivo é ajudar os interesses da Corporação Militar de Pernambuco. Local da fundação e sede: Clube dos Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros Militares.

Participante do Dia Internacional do Livro e do Direito Autoral, em 23 de abril de 2010, no Instituto Cervantes de Recife, representando a União Brasileira de Escritores de Pernambuco – UBE-PE. Na oportunidade, após saudar os participantes da 1ª lectura continuada Del Quijote, em espanhol, foi convidado a ler, por duas oportunidades, pequena parte da obra de Miguel de Cervantes, o romance Quijote. Ao final, parabenizou o Instituto presidido por Dom Ignácio Ortega Campos, pela manutenção de tão rica tradição e o convidou para estreitarmos os laços de amizade reinante entre espanhóis e brasileiros, através de um convênio de intenções com a nossa entidade, o que foi aceito por aquele que é, em nossa terra, Cônsul da Espanha para assuntos de Educação e Cultura.

Participante do II Encontro Literário de Surubim, Pernambuco, promovido pela Associação de Letras e Artes daquela cidade, como palestrante, com a temática A importância do Programa Quartas às Quatro, da União Brasileira de Escritores, para a cultura pernambucana, entre os dias 15 e 16 de maio de 2010.

Palestrante durante o Segundo Seminário Cariri Cangaço – coronéis, beatos e cangaceiros -, realizado na Região do Cariri cearense (Crato, Juazeiro, Barbalha, Missão Velha,e Aurora), de 17 a 22 de agosto de 2010, com o tema Theophanes Ferraz Torres e as ações de tropas volantes no combate ao banditismo.

Palestrante no IV Congresso Mundial de Médicos Escritores e Artistas Lusófonos, realizado na cidade de Lisboa, Portugal, com a prosa Viagem histórica, cultural e sentimental ao berço materno dos nossos antepassados, entre os dias 15 a 19 de setembro de 2010.

Participante do II Encontro Literário de Surubim, Pernambuco, promovido pela Associação de Letras e Artes daquela cidade, como palestrante, com a temática A importância do Programa Quartas às Quatro, da União Brasileira de Escritores, para a cultura pernambucana, entre os dias 15 e 16 de maio de 2010.

Homenageado na sede da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco, em 08 de novembro de 2010, através do Programa JARDIM DAS LETRAS, em conjunto com o idealizador do Programa Quartas às Quatro, poeta Vital Corrêa de Araújo, este, pela criação, em março de 2003, e, aquele, pela coordenação do mesmo, desde outubro de 2003.

Palestrante no IV Congresso do Movimento Festival Internacional de Culturas, Línguas e Literaturas Neolatinas (FESTLATINO), realizado na cidade do Recife, com a temática O Programa Quartas às Quatro no FESTLATINO, no dia 10 de novembro de 2010.

Palestrante sobre o tema A importância do Programa Quartas às Quatro para a cultura pernambucana, no dia 15 de novembro, durante a Festa Literária Internacional da FLIPORTO, realizada em Olinda, entre os dias 12 a 15 de novembro de 2010.

Vice-Presidente, eleito, da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco - UBE/PE, para o biênio 2011/2012.

Vice-Presidente, eleito, da Academia de Letras e Artes de Gravatá, para o biênio 2011/2012.

Participante do 2º Encontro Pernambucano de Escritores, organizado pela União Brasileira de Escritores, de 09/10 de abril de 2011, realizado na cidade de Pesqueira, Pernambuco. Mediador da Mesa – Estudos sobre o Cangaço.

Palestrante sobre o tema O Cangaço e a literatura em Ciclo Histórico, no dia 26 de maio de 2011, durante o Seminário Brasil, brasis, promovido pela Academia Brasileira de Letras e realizado no Teatro R. Magalhães Jr, Rio de Janeiro.

Participante do Seminário Cariri Cangaço – Da Insurreição a Sedição, realizado na Região do Cariri cearense (Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Aurora, Barro e Porteiras), de 20 a 25 de setembro de 2011, formando mesa, na cidade de Aurora – CE, tendo como palestra Aurora – a trama da Ipueiras e a invasão de Mossoró -, e como palestrante, o escritor João Bosco André, no dia 21/09/11

Empossado como Conselheiro Consultivo do Cariri Cangaço, para o biênio 2011/2013, na cidade do Crato - CE, em 20 de setembro de 2011.

Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro, dia 28 de setembro de 2011, no Pavilhão de eventos do Centro de Convenções, durante o IV Congresso de Escritores em Pernambuco, no auditório do Brum, na programação da VIII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco – 23 de setembro a 02 de outubro de 2011. Durante o evento foi lançada a antologia Um grito pelo Capibaribe, autoria conjunta com a escritora Salete Barros.

Participação na Antologia Rastros de um decênio, da Academia Serra-Talhadense de Letras, com o tema: O Programa Quartas às Quatro, da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco, em seu oitavo ano de existência. Ano de 2011.

Colaborador na Revista Letras e Artes nº 19, Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro – ALANE, dezembro de 2011, com o ensaio Antônio Silvino. 97 anos da prisão do cangaceiro mais famoso do início do Século XX. Seu discurso de posse na ALANE, em 08 de outubro de 2010, foi publicado, também, nesta mesma Revista.

Empossado como Vice-Presidente da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro – ALANE, na cidade do Recife, em 27 de janeiro de 2012.

Participação na Antologia Ecos da Literatura, da Academia de Letras e Artes de Gravatá, com o tema: Sessão literária em Pernambuco, e o Programa Quartas às Quatro. Ano de 2012.

Participante da mesa redonda sobre o tema Ficção e História, no Instituto Histórico de Olinda, no dia 16 de novembro, durante a Festa Literária Internacional de Pernambuco - FLIPORTO, realizada em Olinda, entre os dias 15 a 18 de novembro de 2012.

Palestrante sobre o tema A importância do Programa Quartas às Quatro para a cultura pernambucana, no dia 18 de novembro, durante a Festa Literária Internacional de Pernambuco - FLIPORTO, realizada em Olinda, entre os dias 15 a 18 de novembro de 2012.

Vice-Presidente, eleito, da União Brasileira de Escritores, seccional de Pernambuco - UBE/PE, para o biênio 2013/2014.

Vice-Presidente, eleito, da Academia de Letras e Artes de Gravatá, para o biênio 2013/2014

Participante do Festival RioMar de Literatura Pernambucana, na qualidade de debatedor, na palestra proferida pelo escritor Frederico Pernambucano de Mello, que teve como temática Cangaço tema brasileiro para o mundo, realizada no auditório do Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura, do RioMar Shopping, Recife-PE, no dia 04 de junho de 2013.

Palestrante e apresentador do Programa Quartas às Quatro, reunião itinerante de número 467, no dia 05 de junho de 2013, durante o Festival RioMar de Literatura Pernambucana, realizada no auditório do Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura, do RioMar Shopping, Recife-PE.

Participação na Antologia Amigos de Serra Talhada. 10 anos de encontros, da Sociedade dos amigos de Serra Talhada, com o tema: 100 anos atrás. Ano 2013.

Reempossado como Conselheiro Consultivo do Cariri Cangaço, para o biênio 2013/2015, na cidade do Juazeiro do Norte - CE, em 19 de setembro de 2013.

Mediador das mesas: Roteiros integrados do Cangaço - palestrante: João de Sousa Lima - e Rota do Cangaço de Xingó - palestrante: Jairo Luiz de Oliveira, Balneário do Caldas, Barbalha - CE, dia 21 de setembro de 2013.

Lançamento oficial do Livro Dé Araújo, de minha autoria, no Crato - CE, dia 21 de setembro de 2013, no largo da antiga Estação Ferroviária.

Mediador da mesa: As Volantes e o cangaço – mitos e verdades, tendo como palestrantes: Frederico Pernambucano de Mello e Inácio de Loiola, dia 05 de outubro, no auditório do Brum, do Centro de Convenções, durante o IV Congresso de Escritores em Pernambuco. Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro Itinerante, dia 09 de outubro, no Stand Cultura Nordestina, da Editora Novoestilo Edições do autor. Lançamento do livro Dé Araújo, Um cangaceiro afamado, um soldado célebre, no dia 07 de outubro, na Plataforma de Lançamentos da UBE. Todas as atividades foram realizadas durante a programação da IX Bienal Internacional do Livro de Pernambuco – 04 a 13 de outubro de 2013.

Lançamento do Livro Dé Araújo, no dia 16 de novembro de 2013, no Estande da Bagaço, durante a 4ª Feira do Livro de Pernambuco. FLIPORTO 2013.

Coordenador e palestrante da mesa: Os novos escritos sobre o Cangaço – tema: Dé Araújo. Um cangaceiro afamado, um soldado célebre. O outro palestrante, Erivam Felix Vieira, discorreu sobre: Coronelismo e cangaço no imaginário social. Palestrante no Painel Programa Quartas às Quatro. Ambas atividades foram realizadas na IX FESTA LITERÁRIA INTERNACIONAL DE PERNAMBUCO - FLIPORTO 2013, Casa da UBE, Olinda, Pernambuco, no dia 17 de novembro de 2013.

Vice-Presidente, eleito, da Academia de Letras e Artes do Nordeste, para o biênio 2014/2015.

Colaborador na Revista Letras e Artes nº 20, Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro – ALANE, 2014, com o ensaio Memória de Pernambuco (inauguração da Casa Alemã no Recife).

Participação na Trilogia: Gatos, morcegos e cigarras, com o tema: O Gato Felix, mais um posfácio para o mencionado trabalho, que foi lançada durante a execução do Programa Quartas às Quatro, de nº 500, no dia 12 de março de 2014.

Palestrante e apresentador do Programa Quartas às Quatro, reunião itinerante de número 502, no dia 26 de março de 2014, durante o 2º Festival RioMar de Literatura Pernambucana, realizado no auditório do Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura, do RioMar Shopping, Recife-PE.

Agraciado com a comenda Sabre de Honra, comemorativa do 4º aniversário da criação da Sociedade dos Amigos das Briosa - SABRI, no dia 30 de abril de 2014.

Homenageado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, em 22 de maio de 2014, pela coordenação dos 500 programas Quartas às Quatro, da União Brasileira de Escritores, através de requerimento do Deputado Daniel Coelho.

Participante no I encontro das Academias de Letras e Artes das microrregiões de Pernambuco, no dia 23 de agosto de 2014, realizado pela Academia Escadense de Letras, na cidade de Escada, Pernambuco, auditório da Faculdade de Escada, em mesa redonda que teve como tema: As tecnologias e o escritor.

Membro da Comissão Julgadora do Concurso de Crônicas do Concurso Literário promovido pelo XXV Congresso Brasileiros de Médicos Escritores e IX Congresso da UMEAL, realizado no período de 08 a 11 de outubro de 2014, no Recife Praia Hotel.

Homenageado no Encontro Literário “Jornada Cultural da UBE”, com o troféu “Honra ao Mérito”, pela valiosa colaboração para o intercâmbio cultural entre as instituições: Academia de Letras e Artes de Gravatá – ALAG e a União Brasileira de Escritores – UBE, em sarau de poesias, realizado na cidade de Gravatá, no dia 08 de novembro de 2014.

Coordenador do Recital da UBE, Programa Quartas às Quatro, dia 15 de novembro de 2014, no Auditório da Faculdade de Olinda – FOCCA, durante o evento “A FOOCA e a UBE unidas na literatura).

Lançamento do Livro "Theophanes Ferraz Torres. O centenário da prisão do cangaceiro Antônio Silvino e o júri do século", no dia 27 de novembro de 2014, no Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiros Militares de Pernambuco, Avenida João de Barros, Recife-PE.

Participante do Seminário Cariri Cangaço – Princesa Isabel-PB, território cultural, realizado nas cidades de Princesa Isabel e Patos do Irerê, na Paraíba, e na cidade de Nazaré do Pico, Pernambuco, de 19 a 21 de março de 2015, e como conferencista sobre o centenário da prisão do cangaceiro Antônio Silvino e o júri do século, no dia 21/05/15.

Participante do Seminário Cariri Cangaço. Edição de Luxo – Ano V, na Região do Cariri cearense (Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha e Lavras da Mangabeira), de 23 a 26 de setembro de 2015, moderando mesa intitulada, O pacto dos Coronéis, na cidade de Lavras da Mangabeira, tendo como palestrantes os escritores Heitor Feitosa e Urbano Silva. Relançamento do Livro Theophanes Ferraz Torres. O centenário da prisão do cangaceiro Antônio Silvino e o júri do século, Reempossado como Conselheiro Consultivo do Cariri Cangaço, para o biênio 2015/2018, na cidade do Juazeiro do Norte - CE, em 26 de setembro de 2015.

Coordenador do Recital da UBE-PE, Programa Quartas às Quatro Itinerante, dia 07 de outubro, na Plataforma de Lançamentos. Lançamento do livro Theophanes Ferraz Torres. O centenário da prisão do cangaceiro Antônio Silvino e o júri do século, no dia 03 de outubro, na Plataforma de Lançamentos da UBE. Todas as atividades foram realizadas durante a programação da X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco – 02 a 12 de outubro de 2015.

Palestrante sobre o tema Volantes: O outro lado do Ciclo Histórico do Cangaço, no dia 15 de novembro, durante o Congresso Cultural FOOCA/UBE, realizada em Olinda, entre os dias 13 a 15 de novembro de 2015. Após a palestra, lançou a Antologia Quartas às Quatro nº 02, editada pela Novoestilo Edições do Autor, da qual foi organizador em conjunto com a escritora Salete Rêgo Barros.

Colaborador na Revista de História Municipal nº 11, Centro de Estudos de História Municipal – CEHM, dezembro de 2015, com o artigo Um associado do CEHM conferenciando sobre o cangaço, na Academia Brasileira de Letras.

Colaborador na Revista Letras e Artes nº 21, Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro – ALANE, janeiro de 2016, com o artigo Theophanes Ferraz Torres. O centenário da prisão do cangaceiro Antônio Silvino e o júri do século.

Palestrante sobre o tema Cangaço e Volantes: Theophanes Ferraz e João Bezerra, no dia 09 de abril, durante a Feira Literária do Vale do Ipojuca - FLIPOJUCA, realizada na cidade de Gravatá/PE, entre os dias 07 a 10 de abril de 2016.

Participante do Seminário Cariri Cangaço – Floresta e Nazaré do Pico-PE, de 26 a 29 de maio de 2016, e como conferencista sobre a vida do lendário militar Theophanes Ferraz Torres, no dia 28/05/16.

Participante do Seminário Cariri Cangaço. Piranhas e Água Branca, no Estado das Alagoas, de 28 a 30 de julho de 2016.

Empossado na Cadeira nº 02, da Academia Recifense de Letras, no dia 23 de agosto de 2016. Local: Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiros Militares de Pernambuco.

Palestrante, com relançamento de livro e apresentador do Programa Quartas às Quatro, reunião itinerante de número 614, nos dias 10 e 12 de outubro de 2016, respectivamente, durante a segunda FEIRA NORDESTINA DO LIVRO – FENELIVRO 2016, no Centro de Convenções de Pernambuco.

Empossado na cadeira nº 29, da Academia de Letras do Brasil - Pernambuco, no dia 24 de novembro de 2016. Local: Sede da União Brasileira de Escritores, Recife/PE.

Palestrante durante a realização da programação do Centenário da Hecatombe de Garanhuns, com o tema O jovem tenente Theophanes Ferraz Torres e suas enérgicas providências na Hecatombe de Garanhuns, realizada na referida cidade, no Instituto Histórico e Geográfico, no dia 13 de janeiro de 2017.

Colaborador na Revista Letras e Artes nº 22, Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro – ALANE, janeiro de 2017. Com a crônica: Atuação da liga operária pernambucana, na década final do século XIX e início do século XX. Um período agitado por paralisações grevistas.

Colaborador na Segunda Coletânea da Academia de Letras e Artes de Gravatá – ALAG, 2017. Com a crônica: Memória de Pernambuco. Nas três primeiras décadas do século XX, da Velha República brasileira, a navegação aérea no Brasil e a primazia pernambucana.

Genealogia de Geraldo Ferraz Clique aqui para ver a genealogia de Geraldo Ferraz.

 



Você é o nosso visitante nº  desde 06/01/2004.
Clique aqui para ver as estatísticas do site!